Oi vai limitar internet fixa mas Oi TV lança mais 5 canais em Video on Demand… Me explica aí Oi

Oi vai limitar internet fixa mas Oi TV lança mais 5 canais em Video on Demand… Me explica aí Oi

 

As operadoras de telecomunicações do Brasil tem certeza absoluta que eu, o consumidor, tenho um sério problema de raciocínio lógico, só pode. Vejam essa agora:
Nem bem as operadoras acabaram de reforçar que irão capar a quantidade de dados que os usuários de internet fixa poderão trafegar mensalmente, ou seja, haverá um limite da quantidade de dados que um usuário poderá usar por mês, um limite bem pequeno por sinal, e a partir daí este usuário que se exploda, que se quiser receba os dados de conexão da internet assim como alguém recebe uma mensagem do além, por que através da conexão contratada com essas operadoras é que não vai ser.
Pois bem, a explicação dada pelas operadoras para tal limitação, entre elas a Oi TV, é justamente o streaming de vídeo que consome uma quantidade exagerada de dados em um curto espaço de tempo.
Guardou bem essa aí? O problema é o streaming de vídeo…
Então me explica aí Oi TV por que é mesmo que vocês estão liberando mais cinco plataformas de vídeo on demand de canais da tv paga para os seus assinantes?
Vai me dizer que o acesso a estas plataformas de video on demand via conexão de internet que é provida por uma empresa de vocês também não consome uma quantidade exagerada de dados em um curto espaço de tempo?
Tem algum milagre feito por vocês nessas novas plataformas de vídeo on demand, a saber, History Play, A&E Play, Lifetime Play, E! Now e HBO Go, para que elas consumam muito menos banda de internet quando em streaming do que a Netflix e o Youtube consomem?
Ou será que quando começar o tal limite de dados para as nossas conexões de internet quem acessar estas plataformas de video on demand não terão o uso delas descontado no limite de dados que vocês estão impondo?
E se não for descontado, isso não seria mais uma prática que fere o Marco Civil da Internet ou seria considerado somente uma “promoção” da operadora?
Confesso que eu estou muito confuso se é pra parar de usar video on demand no Brasil ou se pode usar só aqueles serviços que são atrelados legalmente À tv por assinatura.
Oi, me explica aí.

VEJA SE VOCÊ SERÁ AFETADO PELO LIMITE DE DADOS DA INTERNET FIXA – 13-04-2016

VEJA SE VOCÊ SERÁ AFETADO PELO LIMITE DE DADOS DA INTERNET FIXA

 

A Vivo anunciou em fevereiro que passaria a oferecer todos os seus planos de internet fixa com um limite de dados, seguindo o que operadoras como Oi e NET já têm feito há meses, e do mesmo modo como é cobrado na internet móvel. No entanto, fica no ar a dúvida quanto a quem será realmente afetado e a partir de quando.

 

Por enquanto, as novas regras afetam apenas usuários de conexões ADSL, deixando “ilesos” os consumidores de internet por meio de fibra ótica. Na NET, o usuário que atingir o limite não tem a internet cortada, mas a velocidade contratada é reduzida. Os planos da empresa funcionam com as seguintes franquias:

 

  • Velocidade de 2 Mbps: 30 GB por mês
  • Velocidade de 15 Mbps: 80 GB por mês
  • Velocidade de 30 Mbps: 100 GB por mês
  • Velocidade de 60 Mbps: 150 GB por mês
  • Velocidade de 120 Mbps: 200 GB por mês
Já na Vivo, a cobrança franqueada começará a valer para todos os contratos estabelecidos desde o último dia 5 de fevereiro. Clientes mais antigos não terão suas contas alteradas (por enquanto), e a cobrança será mantida ilimitada até o dia 31 de dezembro de 2016 para os novos clientes. A partir de de janeiro de 2017, os valores para quem fez um contrato após o dia 5 de fevereiro serão ajustados segundo essa métrica:
  • Banda Larga Popular de 200 kbps: 10 GB por mês
  • Banda Larga Popular de 1 e 2 Mbps: 10 GB por mês
  • Vivo Internet de 4 Mbps: 50 GB por mês
  • Vivo Internet de 8 e 10 Mbps: 100 GB por mês
  • Vivo Internet de 15 Mbps: 120 GB por mês
  • Vivo Internet de 25 Mbps: 130 GB por mês
Já os planos da Oi, que são um pouco mais generosos com quem possui planos de internet mais lenta, também são mais restritivos quando chega aos valores mais altos:
  • Até 600 kbps: 20GB por mês
  • Até 1 Mbps: 40 GB por mês
  • Até 2 Mbps: 50 GB por mês
  • Até 5 Mbps: 60 GB por mês
  • Até 10 Mbps: 80 GB por mês
  • Até 15 Mbps: 100 GB por mês
A Tim, que também oferece serviço de internet por conexão ADSL, não possui planos sob franquia. Em nota à imprensa, a empresa afirmou que também não pretende mudar seu modo de cobrança por enquanto. As operadoras, porém, sugerem que os consumidores entrem em contato com os respectivos serviços de atendimento para conferir mais detalhes sobre possíveis mudanças em seus contratos.
 

 

Fonte: Olhar Digital